Educação Inclusiva - Artigo de Experiências Educacionais Inclusivas - MEC.

ASSUNTO:

Artigo de Experiências Educacionais Inclusivas - MEC.

DESCRIÇÃO:

O documento Experiências Educacionais Inclusivas é composto por vinte artigos que trazem relatos de boas práticas de ensino, pensadas para propiciar condições de aprendizagem que não excluam nenhum aluno; de educadores que buscam dar respostas às necessidades educacionais especiais, valorizando as diversas formas de aprender, compreender o mundo e dar significado a ele.

São apresentadas experiências de gestão dos sistemas de ensino, de organização de recursos e serviços para o atendimento educacional especializado, de práticas educacionais inclusivas em sala de aula e de formação docente na perspectiva da inclusão de alunos com necessidades educacionais especiais nas classes comuns, bem como reflexões acerca da mudança de paradigma na educação especial.

Os textos foram encaminhados pelos municípios-pólo do Programa Educação Inclusiva: direito à diversidade e analisados pelo Comitê Consultivo formado por pesquisadores das instituições de ensino superior. Foram indicados relatos que representam o processo de transformação dos sistemas de ensino em sistemas educacionais inclusivos. Todas as experiências são legítimas, expressam a história da educação no nosso país, suas contradições e singularidades, evidenciam que não existe um caminho pronto e que basta percorrê-lo, mas que somente a partir da compreensão das necessidades presentes e da efetivação de políticas que resultem nas mudanças exigidas pela sociedade, poderá se concretizar, em cada município, a inclusão educacional.

As experiências apresentadas neste documento refletem o trabalho de todos os envolvidos no programa, os gestores e educadores dos municípios-pólo, os consultores desta publicação e demais profissionais que atuaram nos cursos de formação disseminados nas diversas regiões do país, para os 4.646 municípios de abrangência. A oportunidade de trabalhar com estes relatos não apenas enriquece as fontes de pesquisa e investigação sobre a inclusão em nosso País, mas nos coloca diante do novo compromisso que vem sendo assumido, em nível federal, estadual e municipal, para a garantia do acesso e qualidade no processo educacional.

Para continuar avançando na construção de escolas inclusivas é necessário que cada sistema de ensino dê seqüência à investigação, referente à inclusão e à exclusão na educação, considerando os indicadores de acesso, permanência e progresso dos alunos na escola, bem como, aprofunde sua compreensão acerca do processo de escolarização, tendo como referência o acolhimento, o planejamento colaborativo, o acesso ao currículo e o atendimento às necessidades educacionais especiais.

Assuntos relacionados

, , , , , , , , , , , , , , ,

ANO:

2006

FORMATO:

PDF

AUTORES:

Ministério da Educação
Secretaria de Educação Especial
Departamento de Políticas de Educação Especial Coordenação Geral de Articulação da Política de Inclusão

Conselho Consultivo:
Antônio Carlos do Nascimento Osório - UFMS;
Cláudio Roberto Baptista - UFRGS;
Dulce Barros de Almeida - UFG;
Hugo Otto Beyer - UFRGS;
Júlio Romero Ferreira - UNIMEP;
Marcos José da Silveira Mazzotta - UNIV.MACKENZIE/SP;
Maria Teresa Eglér Mantoan - UNICAMP;
Rosita Edler Carvalho - UFRJ;
Soraia Napoleão Freitas - UFSM.

Organizadora:
Berenice Weissheimer Roth

Projeto Gráfico:
Ralph Augusto Silva Faleiro

Capa e Editoração:
Gráfica e Editora Ideal Ltda.

FONTE:

ACERVO INSTITUTO PARADIGMA.