Educação Inclusiva - Cartilha Brincar para Todos - MEC.

ASSUNTO:

Cartilha Brincar para Todos - MEC.

DESCRIÇÃO:

A inclusão social e educacional é um processo que se concretiza, no Brasil, por meio de uma política de educação inclusiva cujos pressupostos filosóficos compreendem a construção de uma escola aberta para todos(as), que respeita e valoriza a diversidade. Assumir a diversidade pressupõe o reconhecimento do direito à diferença como enriquecimento educativo e social. Este processo vem provocando mudanças de paradigma, impulsionando as pessoas a conviverem com uma concepção de aprendizagem , sem restrições de qualquer ordem.

Nesta perspectiva, o Ministério da Educação, por meio da Secretaria de Educação Especial (SEESP) assumiu a política de inclusão e tem buscado, através de suas ações, apoiar a transformação do sistema educacional em sistema educacional inclusivo.

Brincar para todos é um material destinado a educadores(as) e pais com orientações para a utilização de brinquedos e atividades lúdicas, alertando para a importância de cada brinquedo na promoção do desenvolvimento infantil. O livro constitui uma possibilidade de eliminar as barreiras que impedem o acesso ao conhecimento, uma vez que para as pessoas com necessidades educacionais especiais a falta de acessibilidade se traduz em fonte de discriminação e perda de oportunidades. Assim, com a difusão deste material, o Governo Federal colabora com os estados e municípios na implementação da política de inclusão escolar e social de todos(as) os alunos(as).

Assuntos relacionados

, , , , , , , , , , , , , ,

ANO:

2005

FORMATO:

PDF

AUTORES:

Coordenação Geral:
SEESP/MEC

Secretária de Educação Especial:
Claudia Pereira Dutra

Autora do Projeto (brinquedos e texto):
Mara O. de Campos Siaulys

Revisão:
Célia Campos Pardo

Design Gráfico:
Sueli Marques
Malu Calissi

Projeto Gráfico:
Sambureau&Publicidade
Unidade de Negócios da LARAMARA
Associação Brasileira de Assistência ao Deficiente Visual tel. 11 3663.5360 | www.sambureau.com.br

Fotografia:
Alan Gouveia
Marco Piovan
Everton Balaratin

Colaboração:
Anna Maria M. Gomes
Ana Paula Dias Torres

Capa:
Tábata Rodrigues Romano (deficiente visual)
Caroline Pavilavicius Freire (vidente)

FONTE:

ACERVO INSTITUTO PARADIGMA.